Repositório Institucional UNICID Campus Tatuapé Dissertações Mestrado Profissional em Formação de Gestores Educacionais
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/257
Tipo: Dissertação
Título: Resiliência, resistência e tensão: estratégias psicossociais de professores para o enfrentamento do mal-estar docente
Autor(es): Costa, Diana Pereira
Primeiro Orientador: Novaes, Adelina de Oliveira
Resumo: Com foco no mal-estar docente, este estudo, que faz parte do estudo mais amplo, intitulado “Resiliência e porosidade nas fronteiras das cidades: uma investigação psicossocial em três cidades brasileiras”, financiado por Research Councils UK e Newton Fund, por meio de parceria com o Conselho Nacional de Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa, buscou compreender as representações sociais de professores de uma escola da Zona Leste do município de São Paulo, em situação de vulnerabilidade socioeconômica, sobre ser docente, com o propósito de investigar estratégias de resiliência e resistência elaboradas por eles. Para tal, inicialmente, por meio de revisão de literatura, o estudo empreendeu a busca da etimologia das palavras “resistência” e “resiliência” nas ciências da natureza, nas quais aplicações remontam ao Século XV, com Leonardo da Vinci, e ao século XVI, com Galileu Galilei, bem como buscou compreender a transposição de tais conceitos para as ciências sociais e humanas, com vistas a identificar, na literatura especializada disponível acerca da temática, possíveis articulações entre os referidos conceitos com o de mal-estar docente. Como resultado, foi permitido considerar a possibilidade de estudar resistência e resiliência, no que concerne ao trabalho docente, a partir do binômio bem-estar e mal-estar docente. A partir desse ponto, o estudo passou às ações de caraterização da escola num contexto de vulnerabilidade socioeconômica e à consulta dos docentes, por meio de duas sessões de grupo focal, com vistas a captar elementos das representações sociais dos professores acerca de sua profissão, representações que foram compreendidas enquanto vias de acesso para a compreensão das estratégias elaboradas por eles para lidar com o mal-estar docente. Após as sessões de grupo focal, procedeu-se a sistematização dos dados, segundo os procedimentos da análise de conteúdo. As categorias temáticas identificadas apontaram para uma visão pessimista da atuação docente, indicando a necessidade que os professores reflitam acerca da identidade docente, a fim de elaborar estratégias para lidar com as situações conflitivas do cotidiano.
Abstract: This study focuses on teacher malaise and seeks to investigate strategies of resilience and resistance developed by teachers of a school in the East Zone of the city of São Paulo, a region with socioeconomic vulnerability, based on their social representations of beeing teachers. It is part of the larger study, entitled "Resilience and porosity of city borders: a psychosocial investigation in three Brazilian cities", funded by Research Councils UK and Newton Fund, through a partnership with the National Council of State Foundations for Research Support. Initially, through a literature review, the study undertook the search for the etymology of the words "resistance" and "resilience" in the natural sciences, in which applications date back to the 15th century with Leonardo da Vinci and the 16th century , with Galileo Galilei, and sought to understand the transposition of such concepts to the social and human sciences, in order to identify, in the available specialized literature on the subject, possible links between these concepts and that of teacher malaise. As a result, it was possible to consider the possibility of studying resistance and resilience, as far as teaching work is concerned, from the binomial welfare and teacher malaise. From this point on, the study turned to the characterization actions of the school in a context of socioeconomic vulnerability and to the consultation of teachers, through two focus group sessions, in order to capture elements of teachers' social representations about their profession, representations that have been understood as access routes to the understanding of strategies developed by them to deal with teacher malaise. After the focus group sessions, the data were systematized according to the content analysis procedures. The thematic categories identified pointed to a pessimistic view of the teaching performance, indicating the need for teachers to reflect on the teacher identity, in order to elaborate strategies to deal with the conflicting situations of daily life.
Palavras-chave: Resistência à escola
Resiliência
Mal-estar do professor
Representação social
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Cidade de São Paulo
Sigla da Instituição: UNICID
Departamento: Pós-Graduação
Programa: Programa de Mestrado Profissional em Formação de Gestores Educacionais
Citação: COSTA, Diana Pereira. Resiliência, resistência e tensão: estratégias psicossociais de professores para o enfrentamento do mal-estar docente. Orientadora: Adelina de Oliveira Novaes. 2019. 178f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Cidade de São Paulo. 2019.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/257
Data do documento: 28-Fev-2019
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Formação de Gestores Educacionais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DIANA PEREIRA COSTA.pdfDissertação2.81 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.