Repositório Institucional Cruzeiro do Sul Campus Liberdade Dissertações Mestrado em Odontologia
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/300
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação polissonográfica do padrão do bruxismo do sono em crianças com enurese noturna monossintomática: estudo caso controle
Autor(es): Monazzi, Marina
Primeiro Orientador: Ortega, Adriana de Oliveira Lira
metadata.dc.contributor.referee1: Ortega, Adriana de Oliveira Lira
metadata.dc.contributor.referee2: Soster, Leticia Maria Santoro Franco Azevedo
metadata.dc.contributor.referee3: Novaes, Tatiane Fernandes de
Resumo: Objetivo: O objetivo desse estudo foi avaliar a macroestrutura do sono e bruxismo dos indivíduos com quadro de Enurese Noturna Monossintomática (ENM) - (Grupo Estudo - GE) e comparar com indivíduos sem ENM (Grupo Controle – GC) mediante exame de polissonografia (PSG). Materiais e Métodos: Após aplicações dos critérios de inclusão e exclusão, a amostra de conveniência foi formada com 30 indivíduos com idades entre 07 e 17 anos (média 10,7), sendo 13 meninas e 17 meninos. Os dados foram obtidos pelo polígrafo EMBLA N7000®, utilizando-se eletrodos submentonianos, cintas torácica e abdominal, fluxo nasal através de cânula de pressão nasal e termístor, além de pulso e saturação de oxigênio com oxímetro de pulso. Para avaliação da macroestrutura, foram colocados eletrodos no couro cabeludo. Os critérios para o diagnóstico de bruxismo seguiram as diretrizes do manual da Associação Americana de Medicina do Sono (AASM, 2017) e foram avaliadas as atividades musculares fásicas, quando ocorreu menos de 3 surtos num período de 0.25 até 2 segundos, tônicas, quando ocorreu 1 surto com duração maior que 2 segundos e ambas, em cada fase do sono (REM e Não-REM). Resultados: As variáveis eletroneuromiográficas revelaram presença de atividade muscular, independente de ser fásica ou tônica, em alguma fase do sono em ambos os grupos. Na fase do sono REM, nenhum paciente do grupo controle apresentou atividade tônica. Entretanto, 41,2% dos pacientes enuréticos apresentaram bruxismo nesta fase. Em relação ao bruxismo com atividade fásica, não foi percebido diferenças significativas entre os grupos, idade, índice de dessaturação média e arousal, em qualquer fase do sono (REM e N-REM). Entretanto, em relação à atividade muscular, pacientes enuréticos apresentaram maiores episódios tônicos, tanto na fase REM (p=0,008) quanto na fase N-REM (p=0,016). As outras variáveis como idade, arousal e índice de dessaturação média não influenciaram a presença de episódio tônico (p>0,05). Conclusão: Os indivíduos com ENM apresentam maior atividade tônica durante o sono que indivíduos sem ENM.
Abstract: Purpose: The aim of this study was to evaluate the sleep macrostructure and the bruxism of individuals with Monosymptomatic Nocturnal Enuresis (MNE) – (study group - SG) and compare with individuals without MNE (control group - CG) by polysomnography examination. Methods: After applying the inclusion and exclusion criteria, the convenience sample was formed with 30 individuals aged 07 to 17 years (average 10.7), 13 girls and 17 boys. The data were obtained by the EMBLA N7000® polygraph, using submental electrodes, thoracic and abdominal straps, nasal flow through nasal pressure cannula and thermistor, pulse and oxygen saturation with pulse oximeter. For macrostructure evaluation, electrodes were placed on the scalp. The criteria for the diagnosis of bruxism followed the guidelines of the American Association of Sleep Medicine (AASM, 2017) manual and evaluated the phasic muscle activities, when less than 3 burst occurred in a period of 0.25 to 2 seconds, tonic, when it occurred. 1 burst lasting longer than 2 seconds and both in each phase of sleep (REM and Non-REM).Results: The electroneuromyographic variables revealed presence of muscle activity, regardless of whether it was phasic or tonic, in some sleep phase in both groups. In the REM sleep phase, no patient in the control group showed tonic activity. However, 41.2% of enuretic patients had bruxism at this stage. Regarding bruxism with phasic activity, no significant differences were observed between the groups, age, mean desaturation index and Arousal in any sleep phase (REM and N-REM). However regarding muscle activity enuretic patients had higher tonic episodes both in the REM phase (p = 0.008) and in the N-REM phase (p = 0.016). Other variables such as age, arousal and mean desaturation index did not influence the presence of tonic episode (p> 0.05). Conclusion: Individuals with MNE have higher tonic activity during sleep than individuals without MNE.
Palavras-chave: Enurese
Bruxismo do sono
Polissonografia
Sono
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Cruzeiro do Sul
Sigla da Instituição: Cruzeiro do Sul
Departamento: Campus Liberdade
Programa: Mestrado em Odontologia
Citação: MONAZZI, M. Avaliação polissonográfica do padrão do bruxismo do sono em crianças com enurese noturna monossintomática: estudo caso controle. 37 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) – Universidade Cruzeiro do Sul, São Paulo, 2019.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/300
Data do documento: 10-Dez-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Odontologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MARINA MONAZZI.pdf817.45 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.